FANDOM


236px
Serperior
Geral
Tipo Grama
Espécie Pokémon Real
Habilidade Overgrow(Super Crescimento)
Habilidade oculta Contrary
Detalhes
Gênero macho 87,5%%
fêmea 12,5%%
Nº na Pokédex #497
Peso 63 kg
Altura 3,3 m
Grupo de Ovos Campo

Planta

Habitat Grama Alta
Geração Quinta
Linha Evolutiva
Serperior (em Japonês: ジャローダ Jalorda) é um Pokémon tipo Grama.

Ele é a forma evoluida de Servine quando chega no nivel 36 e a forma final de Snivy.

BiologiaEditar

FisiologiaEditar

Serperior é um Pokémon serpentina palido. Sua face e garganta são brancas, enquanto a sua volta é verde escuro. Tem padrões verdes pálidos que se estendem até a parte branca de seu rosto, e ele tem os olhos vermelhos estreitos. Há duas extensões amarelas na parte de trás de sua cabeça. Encaracolados e escuros extensões verdes que se espalham pelos lados de sua parte inferior do pescoço, e formam o padrão inferior para baixo do corpo. Ela tem curvas marcações amarelas em torno de seu meio e várias folhas palmadas em sua cauda.

As Diferencias do GêneroEditar

Nenhuma

Habilidades EspeciaisEditar

Ele é capaz de amplificar a energia solar, com o seu corpo.

ComportamentoEditar

Serperior tem um comportamento formal e regido e esta sempre se pondo superior ao seu oponente e geralmente ele não age sem as ordens do seu trenador, ele usa seu olhar penetrante para intimidar o adversário.

No AnimeEditar

Arquivo:Trip Serperior.png

Serperior de TripEditar

O Servine de Trip foi revelado ter evoluiu para um Serperior em Iniciada a Copa Junior! Dragonite VS Beartic.

A primeira aparição de Serperior foi no Filme 14 com seu treinador Mako. Ele lutou e perdeu para Pikachu de Ash em um torneio.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória